terça-feira, 23 de agosto de 2016

Para ser um participante ativo desta empreitada, é preciso saber como separar corretamente o lixo seco do lixo úmido...


O lixo seco, por sua vez, é todo o resíduo feito de papel (como caixas longa vida), vidro (potes de maionese), metal (latas de alumínio) e plástico (garrafas PET). Se limpos e separados corretamente, podem gerar emprego, renda e poupar recursos naturais. Com garrafas PET, por exemplo, é possível produzir madeira sintética ou um novo plástico.
lixo úmido (ou orgânico) é composto por restos de alimentos, cascas e ossos, pó de café e de chá, galhos e podas. Separados e reciclados, pode servir de adubo na produção agrícola ou como insumo para gerar energia. 
DESAFIO: 
Preparar a sociedade para uma mudança de comportamento em relação à Coleta Seletiva do Lixo, resaltando os benefícios ambientais, sociais e econômicos do reaproveitamento dos resíduos sólidos para o país.
SOLUÇÃO: 
A campanha publicitária priorizou uma abordagem mobilizadora, de utilidade pública e de educação ambiental, no sentido de esclarecer à população sobre a importância do reaproveitamento dos resíduos sólidos e ensinar a correta separação do lixo úmido e seco.


Fonte: Ministério do Meio Ambiente

A Reciclagem pode ser fácil. Só precisa um pouco de 

reflexão, esforço e criatividade